12 de novembro de 2008

SENSAÇÃO E PERCEPÇÃO PARTE 1


Resumo organizado para os alunos de psicologia do ensino médio


Como formulamos nossas representações do mundo exterior?

Sensação: Experiências sensoriais que começam quando os receptores sensoriais são estimulados, recebemos um estímulo, transformamos em informação nervosa.
Percepção: Como selecionamos, organizamos e interpretamos nossas sensações a fim de compreender o que acontece ao nosso redor.

Limiares absolutos
: A estimulação mínima necessária para detectar um estímulo específico.
A detecção do estímulo depende da força do sinal, do estado psicológico, nossas expectativas, motivação e fadiga.

Estimulação subliminar: Estímulos abaixo do limiar Ex: Em um Cinema o proprietário estaria influenciando inconscientemente seus freqüentadores por mensagens projetadas de maneira imperceptível: coma pipoca, beba coca-cola, e isto teria aumentado o consumo de pipoca e refrigerante.
Efeito placebo: o placebo é definido como uma substância inerte ou inativa, a que se atribuem certas propriedades (como as de cura de uma doença) e que, ingerida, pode produzir um efeito que suas propriedades não possuem. Muitas pessoas que ingerem, por exemplo, uma pílula contendo nada mais que amido com açúcar, revelam melhoras de uma doença, imaginando ter tomado o remédio feito especialmente para essa doença.

Adaptação sensorial: Sensibilidade decrescente a um estímulo intolerável. A adaptação permite-nos focalizar a atenção em mudanças informativas no ambiente sem sermos incomodados, por exemplo, pelas roupas que vestimos.

Todos os sentidos recebem estimulação sensorial, transformam em informação nervosa e despacham essa informação para o cérebro.

Um comentário:

profarrabal disse...

Parabéns pelo texto. Para contribuir com o tema, sugiro consultar estes links:

http://www.praticadapesquisa.com.br/2010/12/inconsistencias-no-processo-cognitivo.html

http://www.praticadapesquisa.com.br/2011/01/inconsistencias-no-processo-cognitivo.html

Cordialmente,
Prof. Alejandro Knaesel Arrabal